InteMobile l Inteligência e Mobilidade

 Portugus flag English flag Espanhol flag                                       
 
                                 Inicio > Empresa > Newsletters

Newsletters

Workshop “Tendências para Mobilidade”

Microsoft
Nicola de Azevedo
Gerente de Produto
Mobile Communications Business (MCB)

O mercado de mobilidade está em franco crescimento no mundo: enquanto são contabilizados 900 milhões de PCs, existem 3,3 bilhões de celulares. Ou seja, é o momento de se pensar cada vez menos em PCs e notebooks para se ponderar cada vez mais em dispositivos móveis. Segundo Nicola, estima-se que em 2011 haja no mundo cerca de 310 milhões de dispositivos móveis.“A convergência está indo para um dispositivo apenas, tanto de aplicações, quanto de e-mail por isso a Microsoft está crescendo tanto nesse mercado de mobilidade: produtividade móvel mais mídia e entretenimento. E a mobilidade é parte estratégica. Para que possamos encaixar a mobilidade em nossos produtos, contamos com o apoio de nossos parceiros, por meio de aparelhos que cubram todas as necessidades. É preciso ter uma solução completa para que o usuário tenha escolhas”, explica Nicola de Azevedo, gerente de produto da Microsoft.

Há cerca de 2 meses a Microsoft apresentou sua solução de mobilidade middleware, o Microsoft System Center Mobile Device Manager 2008, que promove gerenciamento, segurança e acesso por meio de uma solução completa e robusta, pela qual dispositivos móveis se comportam como PCs. “Estamos dando prioridade ao Brasil na difusão desse aplicativo de forma a garantir a qualidade dos serviços Windows Live Local, soluções de mapas que serão integrados com serviços em tempo real, como interação com a CET, cinemas, postos de gasolina e previsão do tempo”. De acordo com Nicola, cada vez mais o varejo vai ser o canal de compra desses dispositivos: “o tempo médio de vida de um celular é 18 meses. Quando os usuários trocam seus aparelhos, acabam por demandar novas funcionalidades”, diz.

Motorola

Roberto Mielle
Engenheiro de Sistemas da  Motorola

A Motorola está hoje dividida em 3 diferentes braços: soluções residenciais, mobilidade pessoal e mobilidade corporativa, ao mesmo tempo em que ocupa um posicionamento no mercado no chamado 4C: captura, conexão, comunicação e controle de dados.

Quanto aos equipamentos, o engenheiro de sistemas da empresa, Roberto Mielle, relacionou uma série de equipamentos comparados com a robustez que apresentam, como aqueles extremamente robustos, como o MC70, que suportam quedas de cerca de 2 metros em solo de concreto, e temperaturas que vão de -20º a 50º centígrados. “As aplicações de nossos equipamentos atendem às mais diversas necessidades e segmentos profissionais, como gerente e supervisores de varejo, vendedores e representantes de vendas, executivos em campo, delivery, telecomunicação, healthcare, construção civil etc”.

Mielle explicou que, no caso dos devices de Automação de Força de Vendas, a inteligência, que é a base, está instalada em uma central. O colaborador sai da base equipado com o coletor já pré-carregado com as rotas a serem realizadas, as tabelas de preços, promoções e estoque, por exemplo. O destino pode variar desde grandes lojas de varejo e centros de distribuição, a pequenos estabelecimentos com, em média, 60 visitas por dia. “Para realizar a venda de produtos que estão em seu veículo, o colaborador cumpre mais algumas tarefas que otimizam o processo de vendas da empresa, como reposição, fotografia da disposição dos produtos da concorrência, cadastro de novos planos de venda”, relata. Além disso, o engenheiro de sistemas explica que é importante que os pedidos sejam enviados pelo coletor para a central, via rede WWAN, de forma a fazer com que o acompanhamento seja feito em tempo real. “Isso garante uma maior agilidade e eficiência de todo o processo”, analisa.

Para a realização de coletas de dados em campo, Mielle relaciona alguns modelos de devices, como o MC35 (smartphone), o MC70xy, MC90xy (capaz de suportar agressividade ao extremo) e o MC50 (que não tem GSM).

Para ele, o futuro do gerenciamento está na convergência wireless, como oferecem o Enterprise Wireless Application, Enterprise Wired Application, Vowlan Business Connectivity e o Enterprise RFID application. Já quanto a sistemas RFID, ele relaciona Tags RFID consumíveis ou reutilizáveis, leitores e antenas RFID fixos, estacionários ou móveis, handhelds multimodais e conjuntos RFID.

Case Air Liquide

Há cerca de um ano, a Intemobile concluiu o desenvolvimento de uma solução móvel para automação de processo de venda em campo para a Air Liquide do Brasil, especialista mundial em gás industrial e de uso médico, que substituiu uma automação feita há 8 anos, que utilizava coletores de dados com sistema operacional DOS e comunicação bacth.MC 75 – A Motorola Anuncia a chegada do MC75 ao Brasil no próximo semestre.

Coletor de dados MC75

A Motorola Lança o mais novo EDA (Enterprise Digital Assistant), o modelo MC 75, um equipamento robusto que oferece todos os recursos e a flexibilidade necessária para maximizar sua produtividade. O MC75 é um equipamento para trabalhos em todos os tipos de ambiente, incluindo ambientes agressivos e sujeitos a poeira. Tudo isso se dá em função de sua resistência e também pelo tamanho, pois, por ser um equipamento robusto que possui o chamado Four Radios (wireless, Bluetooth, GSM e IRDA) e leitura de código de barras ou câmera fotográfica de 2.0 megapixel, ele pesa apenas 446 gramas e permite aos operadores o máximo em eficiência no trabalho em campo ou internamente na empresa.O MC75 integra um telefone celular 3G que suporta o push– to–talk (PTT), GPs, leitura de código de barras 1D e 2D, uma câmera de 2.0 Megapixel com autofoco, display FULL VGA com resolução de 640 X 480 e backlight , Wlan 802.11 A/B/G , Pan e IRDA tudo em um único dispositivo.

 baixar em pdf